A importância da vacina

Sarampo, rubéola, caxumba. Doenças que pareciam controladas estão de volta.

Manter a carteira de vacinação em dia é um hábito que faz bem para todas as idades. Entretanto, vacinas antigas e boas, com proteção de 90%, não têm conseguido alcançar coberturas adequadas em alguns municípios. Isso pode gerar o retorno de doenças que os brasileiros nem lembram mais.

Tomar todas as doses da vacina é essencial. Só assim as células do sistema imunológico produzem uma memória de agente agressor e geram anticorpos. Alguns pais acham que só uma dose é suficiente, mas não é. Um exemplo é a pentaDTP – ela deve ser tomada aos dois, quatro e seis meses e ter reforço aos 15 meses e aos 4 anos.

Vacinas e febres nos bebês é uma reação esperada em vacinas atenuadas, com vírus enfraquecidos. Elas provocam uma infecção leve e a primeira resposta do sistema imune é a febre. É um dos sinais de que a vacina está chamando a atenção do sistema de defesa, mas não ocorre necessariamente em todos os casos. Os especialistas não recomendam mais dar um analgésico antes da aplicação da vacina, porque há indícios de que o remédio possa interferir na eficácia da imunização.

Calendário de vacinas:
https://brasil.babycenter.com/t1100061/calend%C3%A1rio-de-vacina%C3%A7%C3%A3o

#nãoVamosDeixarVoltar #vacineSeuFilho #vacinas #zeGotinha

%d blogueiros gostam disto: